Segundo Seminário de Inteligência Digital da Web Consult

O 2º Seminário de Inteligência Digital da Web Consult foi uma experiência muito rica em conhecimento e insights sobre comunicação e geração de valor online. Os convidados foram Pedro Porto, diretor de estratégias do Twitter, Alessandro Leal, diretor de negócios do Google, Alexandre Secco, Diretor da Medialogue, e Jeferson Monteiro, criador do perfil da Dilma Bolada. Com tantas pautas interessantes, tentaremos por aqui fazer uma síntese do que foi dito de mais relevante.

DSC_0656

Hoje precisamos nos atentar para a importância da criação de pontes entre as pessoas e o que as interessa no momento. Essas pontes são conteúdos relevantes para as pessoas nas redes sociais e, se associadas à página da sua marca, geram valor para ela e para quem a acompanha na internet. O conteúdo gerado “ao vivo” na internet, explorando os assuntos do momento, também ganham em relevância, pois tem maior chance de geração de engajamento pela proximidade que gera com o público e por mostrar que a marca está atenta ao que acontece na sociedade. Fazer as pessoas se identificarem com o conteúdo que se gera a ponto de quererem interagir é sinal de que ela gera valor para elas. Afinal, partimos do pressuposto que as experiências são mais bacanas quando compartilhadas, por terem o ponto de vista de quem as divide em suas redes sociais.

Devemos lembrar também que não existe um cliente online e offline, são uma pessoa só, utilizando diversos meios para se informar e formar sua opinião acerca dos mais diversos assuntos e empresas. Isso nos leva a dois pontos: não faz sentido planejar estratégias segregadas, sem considerar os dois meios juntos, e é preciso estar atento à sua reputação online. A 12ª Edição da Pesquisa Empresa dos Sonhos dos Jovens salienta, inclusive, o destaque que a internet tem como forma do jovem informar-se e formar sua opinião sobre a empresa. Se há 10 anos uma empresa criava uma boa reputação através de campanhas de publicidade, hoje é preciso fazer bem mais do que isso, e é preciso preocupar-se com a veracidade do que está sendo dito e assumir compromisso com isso – foi citada na palestra do Pedro Porto a ação da Redbull, que patrocinou o salto de um homem da estratosfera em 2012, alinhada ao conceito de que “Redbull te dá asas”.

Percebemos, então, a importância de um planejamento integrado e da sinergia entre as áreas de comunicação e T.I. para que a organização seja a mesma nos mundos online e offline. A expectativa da FGV é que até 2016 se tenha a mesma quantidade de computadores e de habitantes – 200 milhões. Isso significa que, cada vez mais, as pessoas não só dependerão dos computadores e softwares para facilitarem suas vidas como os colocarão em seu dia-a-dia de forma que seja quase que impensável viver sem esta tecnologia. E como falar com este público? É preciso analisar o tipo de conteúdo que estamos compartilhando, onde estamos compartilhando e para quem. É importante planejar sua presença, analisar o conteúdo e a linha editorial, e buscar envolver o usuário de forma que ele se identifique e veja utilidade no que está sendo postado. Afinal, o usuário envolvido, que defende sua marca pode valer mais que um comprador.